BH amplia leitos para doenças respiratórias em meio a alerta vermelho na ocupação de hospitais

Bernardo Estillac
bernardo.leal@hojeemdia.com.br
18/01/2022 às 17:28.
Atualizado em 21/01/2022 às 12:16
 (Tatiana Fortes/Ascom Gov. Ceará)

(Tatiana Fortes/Ascom Gov. Ceará)

Com a taxa de ocupação de leitos para doenças respiratórias em nível máximo de alerta, Belo Horizonte abriu mais 49 leitos dedicados à Covid-19 nesta terça-feira (18). São 39 novas vagas de enfermaria e 10 de UTI.

Ainda assim, 84,7% dos leitos de enfermaria e 82,1% de UTI estão ocupados na capital, de acordo com a Prefeitura. As taxas combinam as redes do Sistema Único de Saúde (SUS) e de hospitais particulares.

Desde o início deste ano, 243 novos leitos de enfermaria e 19 de UTI já foram abertos em Belo Horizonte.

Em nota, a PBH afirma que é imprescindível que a população complete o esquema vacinal e mantenha medidas preventivas como o distanciamento social, a frequente higienização das mãos e a etiqueta respiratória.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por