BH amplia testagem para Covid em pacientes sintomáticos; confira os grupos

Cinthya Oliveira
cioliveira@hojeemdia.com.br
28/07/2020 às 15:00.
Atualizado em 27/10/2021 às 04:08
 (Reprodução/ Pixabay)

(Reprodução/ Pixabay)

A Prefeitura de Belo Horizonte ampliou o perfil do público que pode realizar testes rápidos para Covid-19 nas unidades de saúde. Desde segunda-feira (27), pacientes com sintomas da doença que tenham fatores de risco ou comorbidade (como idade acima de 60 anos, diabetes e doenças do coração) podem ser testados na rede pública. Mas o exame, que verifica a presença de anticorpos, só poderá ser realizado após o oitavo dia do surgimento de, ao menos, dois sintomas. 

De acordo com nota técnica publicada pela prefeitura nesta segunda-feira (27), os testes sorológicos devem ser realizados em pessoas sintomáticas “a partir do 8º dia de início de pelo menos dois dos seguintes sintomas: febre, calafrios, dor de  garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos”. A Secretaria Municipal de Saúde informou que o teste permitirá verificar se os sintomas do paciente são relacionados ao novo coronavírus. 

Além disso, também serão testados sorologicamente os pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) que não realizaram teste molecular dentro do período indicado de coleta e familiares de pessoas que testaram positivo para a Covid-19. Anteriormente, os testes rápidos eram usados pela prefeitura apenas para inquérito epidemiológico entre os profissionais de saúde. 

Os testes sorológicos verificam, a partir de uma amostra de sangue, se a pessoa adquiriu anticorpos IgM ou IgG para o novo coronavírus. Não é o método mais adequado para diagnóstico da doença, já que a positividade indica se o paciente teve a Covid-19 em um período passado. O exame mais adequado para detectar se a pessoa está doente no momento é o PCR, que investiga a presença do RNA do vírus.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, todos os agentes públicos lotados na Saúde com sintomas da Covid-19 já eram testados, assim como aqueles assintomáticos com contato domiciliar da doença. Para esse caso, há uma nota técnica específica, que pode ser encontrada aqui

Quem pode fazer o teste rápido?

Segundo a nota técnica, os testes sorológicos podem ser realizados em pacientes sintomáticos dos seguintes grupos:

- Pacientes notificados com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que não realizaram teste molecular dentro do período indicado de coleta;

- Contatos domiciliares de pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) confirmados para Covid-19;

- Forças de segurança;

- Hospitais com situação de surto;

- Pacientes com Síndrome Gripal que sejam: idosos, cardiopatas; nefropatas; pneumopatas; imunosuprimidos; diabéticos; gestantes; puérperas; portadores de doença hepática em estágio avançado; obesos (IMC ≥ 40kg/m²).

Betim também amplia testagem

Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, também irá ampliar a testagem na população a partir de quarta-feira (29). De acordo com a prefeitura, os exames do tipo PCR serão disponibilizados nas pessoas com sintomas gripais leves e para aquelas pertencentes a grupos de risco ao agravamento da doença, em dez unidades básicas de saúde da cidade.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por