Apesar do pico de transmissão da dengue neste ano ter sido entre abril e maio, Belo Horizonte confirmou mais de 2.200 casos da doença neste mês. Ao todo, a capital mineira soma 12.810 registros em 2015.
 
Segundo balanço semanal divulgado pela Secretária Municipal de Saúde (SMSA), em 10 de julho deste ano, BH estava com 10.604 casos confirmados. No levantamento divulgado nesta sexta-feira (31), o número aumentou em 2.206 episódios. Outros 5.824 episódios da doença sob suspeita ainda faltam ser analisados para serem descartados ou confirmados.
 
Os dados divulgados a cada semana não refletem o número de novos casos no período de sete dias, mas englobam os resultados de exames realizados ao longo de várias semanas. A Secretaria de Estado de Saúde não divulgou os dados da dengue referentes a Minas Gerais.
 
Segundo a SMSA, dos casos confirmados, 81,3% se concentraram nos meses de abril e maio (10.415). Em junho foram 807 casos registrados com início dos sintomas (6,3% do total no ano). Já em julho, nas três primeiras semanas epidemiológicas, foram confirmados apenas 64 casos (0,5%).
 
Em BH, a regional com o maior número de casos é a Norte, com 2.599 confirmações, seguida pelas regionais e Noroeste (2.495) e Barreiro (2.433). 
 

Distrito

Dengue

Dengue com sinais de alarme

Dengue grave

Descartados

Pendentes

Total

Barreiro

2.353

80

0

1.383

584

4.400

Centro sul

343

2

1

281

504

1.131

Leste

819

2

0

899

607

2.327

Nordeste

1.187

3

0

947

1.036

3.173

Noroeste

2.487

6

2

710

365

3.570

Norte

2.576

23

0

1.036

725

4.360

Oeste

1.134

0

0

1.069

400

2.603

Pampulha

903

31

0

1.286

311

2.531

Venda Nova

803

2

3

845

602

2.255

Total

12.654

150

6

8.504

5.824

27.138