Belo Horizonte deve ter mais chuva e até trovoadas nesta segunda-feira (21), indica alerta enviado pela Defesa Civil. No domingo (20), houve precipitações em todas as regiões da capital. Em Venda Nova, choveu quase 10 mm desde a tarde de ontem – a regional foi a que teve o maior volume registrado.

Já no Barreiro, choveu pouco: apenas 1,4 mm. A média histórica para setembro na cidade é de 55,5 mm, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Veja como ficou o volume de chuvas registrado em cada uma das nove regionais da cidade e a porcentagem em relação à média histórica:

Barreiro - 1,4 (2,5%)
Centro Sul - 4,2 (7,6%)
Leste -  6,4 (11,5%)
Nordeste - 6,4  (11,5%)
Noroeste - 4 (7,2%)
Norte - 6,6 (11,9%)
Oeste - 3,2 (5,8%)
Pampulha - 2,8 (5%)
Venda Nova - 9,8 (17,7%)

Conforme o comunicado da Defesa Civil, poderá cair mais chuva nesta segunda. A previsão indica que o dia será de céu parcialmente nublado com possibilidades de pancadas e trovoadas. A temperatura mínima nesta segunda foi de 16°C, enquanto a máxima estimada é de 28°C. A umidade relativa mínima do ar deve ficar em torno de 40%, à tarde.

Dia mais quente do ano

A chuva que chegou neste domingo ofereceu um verdadeiro alívio para os moradores da Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o Inmet, a temperatura marcada durante a tarde foi de 35,3°C na estação de medição da Pampulha - e, por isso, 20 de setembro foi o dia mais quente do ano na capital mineira. A temperatura mínima registrada também foi bastante elevada: 19,4°C, medida na estação Cercadinho, no Buritis. 

De acordo com o Inmet, a possibilidade de chuvas isoladas existe até quarta-feira (23), mas o clima mais friozinho deve permanecer pelo menos até quinta-feira (24).