A rede pública em Belo Horizonte passou a contar com mais quatro leitos de terapia intensiva para pacientes diagnosticados com Covid-19. Mas, de acordo com o boletim epidemiológico publicado nesta sexta-feira (3) pela prefeitura, a taxa de ocupação continua alta. Dos 335 leitos de UTI para pessoas com novo coronavírus, 87% estão ocupados – ou seja, 291 pacientes.

Belo Horizonte conta atualmente com um total de 1.020 leitos de terapia intensiva para cobrir todas as enfermidades em hospitais públicos e filantrópicos, via Sistema Único de Saúde (SUS), e a taxa de ocupação é de 87% - mesmo percentual dos leitos reservados a pacientes com Covid.

Entre os leitos de enfermaria da rede SUS na cidade, 104 foram transferidos para pacientes com Covid nesta quinta-feira (2). Dessa forma, agora a rede pública conta com 902 unidades clínicas dedicadas a pessoas com o novo coronavírus, senod que 67% estão ocupados – equivalente a 604 pacientes.

Para todos os 4.523 leitos clínicos disponíveis em 18 hospitais da rede SUS, a taxa de ocupação no momento é de 69%.

Belo Horizonte contabiliza nesta sexta-feira 7.561 casos confirmados de Covid e 2.458 pessoas ainda são acompanhadas – em isolamento domiciliar e internação. Foram registrados 169 óbitos na cidade.

Leia mais:
Conselho Municipal de Saúde recomenda 'lockdown' imediato em Belo Horizonte para evitar colapso
Isolamento e uso de máscaras deverão ser mantidos enquanto não houver vacina, afirma Estado