Uma nova flexibilização, oficializada nesta quinta-feira (11), permite a realização de shows para público em pé, serviço de alimentação e espaço que possibilite dança em Belo Horizonte. Até então, era necessário que o público ficasse sentado nos eventos da capital mineira. Também segue a permissão de capacidade total dos locais, segundo decisão publicada no Diário Oficial do Município (DOM).

É preciso, no entanto, continuar mantendo todas as medidas sanitárias impostas durante a pandemia da Covid-19. Por isso, o documento exige a entrega do resultado negativo para a doença em teste do tipo RT-PCR ou Teste Rápido de Antígeno, realizados até 72 horas antes do evento, ou a apresentação de comprovante de vacinação da segunda dose ou dose única da vacina, inclusive para funcionários. 

A medida também vale para eventos realizados em locais com público superior a 2 mil pessoas. Também é importante lembrar da necessidade do uso de máscara de proteção, sendo impedida a entrada daqueles que não usarem o objeto ou usarem de forma inadequada, e higienização das mãos. 

Em relação aos ingressos vendidos para os eventos, a PBH orienta que eles sejam adquiridos preferencialmente por meios virtuais ou eletrônicos, sendo conferidos de forma visual ou feita por meio de leitores QR Code, sem contato manual por parte do atendente. 

São vedadas ações de panfletagem, assim como sessões de autógrafo e fotos. Caso o evento possua estandes ou barracas, será preciso um distanciamento mínimo de 2 m, assim como instalação de dispenser de álcool 70% em cada um deles. 

Alimentação

Das regras gerais, o consumo de alimentos e bebidas deverá ser realizado exclusivamente quando as pessoas estiverem sentadas em mesas disponibilizadas para este fim, sendo vedado o consumo de alimentos e bebidas ao redor das mesas, barracas ou por pessoas em movimento em outras áreas do evento. 

A portaria também dispõe sobre todas as atividades de entretenimento ao vivo, infantil ou área de lazer. Veja todas as normas aqui

Leia mais:
Moradores de BH com 66 anos serão imunizados com a dose de reforço contra a Covid nesta quinta-feira
Brasil antecipa para este mês a chegada de 35 milhões de doses de vacinas contra Covid

BH mantém saunas e boates fechadas e revoga decretos da pandemia; entenda