A coleta de lixo em domicílios e comércio de Belo Horizonte não será realizada nesta sexta-feira (1º), Dia do Trabalhador. De acordo com a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), nenhum serviço de limpeza urbana será executado na capital.

Além disso, as Unidades de Recebimento de Pequenos Volumes (URPVs) estarão fechadas, e não será realizada a coleta de resíduos comuns em hospitais atendidos pela autarquia. 

Os serviços de capina, roçada e as ações de varrição também estão interrompidos.

No sábado, dia 2, todos os serviços de limpeza urbana voltam a ser prestados normalmente em Belo Horizonte.

A recomendação da prefeitura é que os resíduos sejam guardados em local seguro, bem acondicionados, e dispostos para o recolhimento somente no próximo dia de coleta na região.  

Quarentena      

Conforme a SLU, o ideal no período de quarentena é que os resíduos sejam acondicionados em sacos duplos, bem fechados e com, no máximo, dois terços de sua capacidade total de armazenamento preenchidos. 

O procedimento é necessário para facilitar o lacre e evitar o rompimento do conteúdo. É importante observar, ainda, se não há nenhum tipo de perfuração nessas embalagens.     

Para a proteção dos garis, materiais cortantes ou pontiagudos devem ser colocados em papelão resistente ou em outro invólucro que evite rupturas acidentais. Uma boa solução é utilizar garrafas PET e caixas do tipo Longa Vida para envolver os resíduos e disponibilizá-los para o recolhimento na calçada, sempre nos dias e horários estabelecidos pela Prefeitura.

Leia também:
Ataque da Galoucura ao Galpão da Máfia Azul
Pandemia de Covid-19 leva ao maior pacto trabalhista da indústria em Minas