Mais uma edição da Feira de Artesanato do Vale do Jequitinhonha começa nesta quarta-feira (8) e vai até sábado (11), no campus Pampulha da UFMG, e tem entrada gratuita. São cerca de 90 expositores de 27 municípios da região e 48 associações, incluindo os povos indígenas Aranã e Cinta Vermelha, de Araçuaí, e o Quilombo Raiz, de Presidente Kubitschek.

Neste ano, a feira completa duas décadas. Ela é organizada pela Diretoria de Ação Cultural da UFMG, pela Pró-Reitoria de Extensão e pelo Polo Jequitinhonha.  

Além da exposição e da comercialização dos produtos artesanais, haverá uma programação cultural gratuita, incluindo lançamento de livro, documentário, shows e produções teatrais. 

Confira a programação:

8/5 (quarta-feira)
Auditório da Reitoria da UFMG
9h30 - Audiência Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Artesanato Mineiro: Perspectiva

Praça de Serviços da UFMG
12h30 - Concerto da Orquestra de Choro da UFMG

9/5 (quinta-feira)
Praça de Serviços da UFMG
9h - Roda de conversa Salvaguarda do artesanato em barro do Vale do Jequitinhonha (IEPHA/MG)

17h30 – Performance teatral Pequenas histórias de mim mesmo (Teatro Universitário UFMG)
18h15 - Lançamento do documentário Yékity - A vida fio a fio

10/5 (sexta-feira)
Praça de Serviços da UFMG
12h30 – Show Canções e Histórias do Brasil Profundo, de Carlos Farias    

SERVIÇO:
Feira de Artesanato do Vale do Jequitinhonha
De quarta a sexta: 9h às 17h
Sábado: 9h às 14h
Local: Praça de Serviços do Campus Pampulha da UFMG

Leia mais:
Exposição que valoriza trabalho de artistas mineiros volta a BH