Belo Horizonte segue com números altos de infectados pela Covid-19 e chegou à marca de 42.236 casos confirmados da doença nesta terça-feira (29), de acordo com boletim epidemiológico e assistencial da prefeitura. Desses, 2.620 são referentes a pacientes ainda em acompanhamento, por internação ou isolamento domiciliar. Dez óbitos pela doença aconteceram nas últimas 24 horas, subindo para 1.242 o número de pessoas que já perderam a vida na capital.

Os três indicadores de monitoramento da doença continuam controlados. O número médio de transmissão por infectado (Rt) teve uma queda e está em 0,92. Ou seja, a cada 100 pessoas doentes, outras 92 são infectadas em média. Quanto à ocupação dos leitos, a taxa das enfermarias não se alterou no comparativo entre os dois últimos boletins e está em 33,7%. Já nas UTIs, o indicador sofreu leve queda, passando de 40% para 39,9%.

Gráfico Covid

Entre as pessoas que morreram vítimas do novo coronavírus em BH, 693 são homens e 549 mulheres. A maioria dos óbitos, 82,4% (1.024) é formada por idosos. Outros 15,2% (188) tinham entre 40 e 59 anos; e 2,4% (30) entre 20 e 39 anos.

No levantamento por Regionais, a Nordeste é a que registra o maior número de mortes: 156, uma a mais que a Oeste (155). Na sequência, aparecem Noroeste (153), Venda Nova (146), Leste (140), Barreiro (138), Norte (123), Centro-Sul (116) e Pampulha (115).