A capital mineira bateu novo recorde de frio na manhã desta quinta-feira (7). A temperatura mínima chegou a 8,4ºC, entre 5 e 6 horas, na regional do Barreiro, com sensação térmica de 5ºC. As informações são do Centro de Climatologia Tempo Clima/PUC Minas.

No Sul do Estado chegou a gear e a mínima do dia foi registrada em Maria da Fé, na Serra da Mantiqueira, onde o termômetro atingiu -0,8ºC.

De acordo com o meteorologista Heriberto dos Anjos, o sistema de alta pressão que se encontra no Oceano, no Atlântico Sul, tem favorecido esse quadro de frio.

Na Região Central também foi registrada a menor temperatura do ano, chegando a 10,4ºC, onde a mínima tinha sido de 12ºC. No Oeste da capital, a sensação térmica foi de 0ºC, isso devido a maior intensidade do vento no local. Na Pampulha o frio atingiu 12,2ºC.

A temperatura máxima não sobe muito nesta quinta e deve ficar abaixo de 23ºC. A umidade relativa do ar fica em torno de 30%.

Não há previsão de chuva para nenhuma região de Minas e as temperaturas vão continuar baixa para todo Estado no fim de semana, principalmente nas primeiras horas da manhã. A umidade relativa do ar fica em torno de 30%.

Alerta de baixa umidade do ar em Belo Horizonte

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil recomenda evitar atividades ao ar livre e exposição ao sol entre as 10 e 17 horas, especialmente entre 14 e 16 horas, período do dia em que a umidade do ar fica mais baixa.

Outras orientações são:
- Beber bastante água e sucos naturais, para evitar a desidratação;
- Preferir alimentos leves e frescos, como saladas, frutas e carnes grelhadas;
- Evitar frituras;
- Dormir em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores, ou com a colocação de uma bacia com água;
- Evitar banhos com água muito quente, pois ressecam ainda mais a pele;
- Em caso de problemas respiratórios, procurar atendimento médico.

A Defesa Civil informa, também, que o tempo seco aumenta o risco de incêndios em matas. Por isso, recomenda-se não fazer fogueiras nas proximidades de matas e florestas. Além disso, os motoristas que trafegarem por regiões sujeitas a incêndios deverão ter atenção redobrada devido à visibilidade reduzida pela fumaça, e em hipótese nenhuma, jogar pontas de cigarros para fora dos veículos.

Em caso de incêndio em mata ou floresta, avise imediatamente o Corpo de Bombeiros (193), Defesa Civil (199) ou Polícia (190).