A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) de Belo Horizonte confirmou nesta semana mais três mortos por dengue na capital. Com isso, o número de óbitos em decorrência da doença neste ano subiu para 20.

As últimas vítimas foram três homens, de 65, 81, 83 anos. Dois faleceram em hospitais privados e um em unidade de saúde pública.

O levantamento mostra que até esta sexta-feira (20) 67.102 casos de dengue foram confirmados na cidade. O número, contudo, pode ser bem maior já que outros 60.477 suspeitos estão sendo investigados.

Conforme a secretaria, a regional Barreiro lidera os casos confirmados, com 16.179 ocorrências. Em seguida aparecem as regionais Nordeste e Leste, com 11.095 e 7.331, respectivamente.

Zika e chikungunya

O balanço da SMSA traz também os casos de zika e chikungunya na capital mineira. Segundo o órgão da prefeitura de BH, 42 casos de zika já foram confirmados. Há, no entanto, 1.247 notificados e aguardado resultados de exames.

Com relação a chikungunya, a secretaria de saúde confirma a infecção de 22 pessoas, sendo deste total 13 casos contraídos fora da cidade. Outros 20 casos suspeitos estão sendo investigados.

Leia mais:
Em uma semana Minas registra 22 mil novos casos e sete mortes por dengue