O friozinho, enfim, chegou à capital mineira. E foi com tanta vontade que Belo Horizonte teve o dia mais gelado do ano, com 9,1ºC. Nesta quarta-feira (5), em algumas regiões da cidade, a sensação térmica ficou abaixo de 0ºC.

A derrubada na temperatura, conforme o meteorologista Cléber Souza do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ocorreu em função de uma massa de ar polar que entrou no Sudeste, sendo a terceira onda de frio deste outono.

Às 6h, os termômetros registraram o recorde de frio. Por causa da ventania, que atingiu velocidade de 61 km/h, a sensação térmica foi de -5ºC na região do Cercadinho e 2ºC na Pampulha.

"A tendência até sexta-feira é de muito frio, mas a massa de ar polar vai perdendo força com o passar dos dias e, aos poucos, a temperatura irá subir", explicou o meteorologista.

Segundo ele, durante a semana, a previsão é de noites mais frias e dias mais quentes. Nesta quarta, a máxima na capital não deve ultrapassar os 23ºC. Até sexta, os termômetros devem oscilar entre 10ºC e 25ºC.

Friaca em Minas

A massa de ar polar também fez despencar a temperatura nas regiões do Triângulo, Sul, Campos das Vertentes, Zona da Mata e Metropolitana. Todas essas áreas tiveram temperatura abaixo de 10ºC.

No Estado, a temperatura mais fria foi registrada em Maria da Fé, no Sul de Minas. O município teve, no início da manhã, 1,7ºC.