Até o momento, Belo Horizonte vacinou 64,5% do público-alvo com a primeira dose ou dose única contra a Covid-19 e 30% com a segunda aplicação. A ampliação da imunização na capital mineira já mostra resultados: a taxa de transmissão por infectado (que está em 0,90) e a ocupação de leitos de enfermaria atingiram o alerta verde, que indica estabilidade.

De acordo com informações do boletim epidemiológico desta terça-feira (3), divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), 1.422.161 moradores receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Outros 630.810 tomaram a segunda dose e 58.753 a dose única, da Janssen.

Centro de BH

Taxa de transmissão, o RT, está em 0,90

Com a ampliação da vacinação, que esta semana chega na faixa etária dos 34 anos, a ocupação de leitos de UTI caiu de 60% para 57,7%. Esse é o único indicador de monitoramento da doença que segue em alerta amarelo. A cidade tem hoje 387 pessoas internadas em estado grave.

Já a ocupação das enfermarias subiu um pouco e passou de 46,3% na segunda-feira (2), para 48% nesta terça.

Desde o início da pandemia, o município já confirmou 261.171 casos e 6.272 pessoas perderam a vida por complicações da enfermidade.

Boletim Covid

Leia Mais:
Anvisa autoriza testes de medicamento para pneumonia associada à Covid
Operação 'Arca de Noé' resgata tartaruga e até chinchila de casa em Contagem
Acordo visa a atrair mais investimento para o Norte e Nordeste de Minas