A Prefeitura de Belo Horizonte vai antecipar, para o próximo sábado (1º), a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 em idosos de 89 anos ou mais e iniciar a imunização de pessoas acamadas dessa faixa etária. Trabalhadores da Saúde acima de 37 anos, que se cadastraram, também começam a ser protegidos.

A imunização será realizada das 7h30 às 15h nos centros de saúde específicos nas nove regionais da cidade. Já o horário de funcionamento dos pontos de drive-thru será de 8h às 15h. Os endereços estão disponíveis neste site

Idosos com 89 anos e mais

A vacinação contra a Covid-19 será para o público com mais de 89 anos e que não tenha dificuldades de locomoção. As pessoas acamadas dessa faixa etária também começarão a ser imunizadas na mesma data. "O prazo segue as recomendações do fabricante e a aplicação deve ser feita com um intervalo de quatro a 12 semanas para os imunizados com a AstraZeneca", informou a PBH. 

As Unidades 24h, que estão em funcionamento nas sedes de centros de saúde, são exclusivas para atendimentos aos casos de baixa e média complexidadeS não respiratórios, não estão funcionando para a aplicação de vacinas. 

Trabalhadores da saúde a partir de 37 anos 

Também serão imunizados os trabalhadores da saúde de 37 anos ou mais cadastrados no portal da PBH até 23h59 de 28 de abril. Para receber a primeira dose, é necessário cumprir os seguintes requisitos: 

- ser trabalhador da saúde em atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte;

- ter preenchido o cadastro para a vacinação de trabalhadores da saúde, de forma válida, até 23h59 de 28 de abril;

- ter completado 37 anos ou mais até 30 de abril;

- não ter recebido vacina contra a Covid-19;

- não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 15 dias;

- não ter tido Covid com início de sintomas nos últimos 30 dias. 

Conforme orientações do Ministério da Saúde, trabalhadores dos demais estabelecimentos de serviços de saúde, como academias de ginástica, clubes, salão de beleza, clínica de estética, óticas, estúdios de tatuagem e estabelecimentos de saúde animal não serão contemplados nos grupos prioritários. 

A imunização dos trabalhadores da saúde será feita em locais exclusivos. Os endereços podem ser consultados neste link. Nos pontos fixos, a vacinação será das 7h30 às 15h. Já nas unidades drive-thru, das 8h às 15h. 

Documentos necessários: 

- Documento de identificação com foto; 

- Registro no conselho profissional (para profissionais de saúde); 

- Documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com serviço de saúde localizado em Belo Horizonte por meio da apresentação de: Comprovante de pagamento (contracheque) emitido nos últimos 3 meses; ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) com especificação da função; ou Contrato de trabalho; ou Relatório do CNES; ou Declaração de Imposto sobre a Renda - Pessoa Física 2020 – ano-calendário 2019 ou 2021 – ano-calendário 2020, com a identificação da ocupação principal declarada; ou Declaração de vinculação ativa como trabalhador de saúde emitida pelo serviço de saúde. 

Caso o trabalhador cadastrado não compareça aos pontos de vacinação no sábado, é necessário procurar um dos locais disponíveis, levando todos os documentos, entre 7h30 e 16h30. 

Leia Mais:
Zema antecipa sanção ao auxílio único de R$ 500 a 1 milhão de famílias pobres do Estado
Taxa de transmissão do novo coronavírus passa de 1 e acende o alerta em BH
Câmara aprova dispensa de licitação para compra de insumos médicos