A BHTrans montou uma operação especial para fiscalizar a presença de cobradores nos ônibus de Belo Horizonte. Desde terça-feira (1º), conforme determinação do prefeito Alexandre Kalil, os agentes de bordo são obrigatórios nos horários de pico, nos coletivos que circulam na cidade. A exceção fica por conta das linhas do Move.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setra-BH) garantiu que contratou 501 cobradores, mas, de acordo com a empresa que gerencia o trânsito em BH, apenas 190 começaram a trabalhar. Os demais estão sendo treinados e, nos próximos dias, também devem começar a trabalhar nos coletivos.

Os novos profissionais serão distribuídos em 50 linhas - atualmente a capital conta com 333 linhas.

Operação
 

cobradores dos ônibus de BH
Bairro Olhos d'Água foi um dos escolhidos para receber a operação


Nesta manhã, equipes da BHTrans se espalharam em vários pontos da cidade para verificar a situação de seis linhas. À tarde, os agentes vão se deslocar para outros locais para conferir se as empresas estão cumprindo a lei. Em nota, o Setra garantiu que está acatando as normas.

Além das fiscalizações, a BHTrans também vai exigir um relatório semanal para comprovar a permanência dos cobradores e as linhas onde estarão operando. A multa para as concessionárias que não tiverem os agentes de bordo dentro dos coletivos é de R$ 688,51.

No final da tarde desta quarta-feira (2), a BHTrans informou que ainda não tem um balanço sobre a fiscalização, mas que de janeiro a setembro deste ano foram aplicadas 11.771 multas por falta de cobradores nos coletivos da capital.

Já o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setra-BH) informou que cumpriu a determinação da Prefeitura de Belo Horizonte com a contratação dos 501 cobradores e que vai aguardar o resultado das fiscalizações para fazer os ajustes necessários no sistema.

Diariamente, 2.873 coletivos circulam na capital mineira e, juntos, transportam 1.4 milhão de passageiros.

Leia mais:
Prazo dado pela PBH às empresas de ônibus para o retorno dos cobradores acaba hoje
Prazo dado pela prefeitura às empresas de ônibus para o retorno dos cobradores termina nesta segunda