Bloco dos Valetes faz festa e clama por conscientização social pelas ruas da Floresta

Elemara Duarte - Hoje em Dia
23/01/2016 às 19:35.
Atualizado em 16/11/2021 às 01:08
 (Hoje em Dia)

(Hoje em Dia)

Movimento estudantil também dá folia. Prova disso é o Bloco dos Valetes que, neste sábado (23) saiu às ruas do bairro Floresta, Região Leste de BH, com foliões de vários estados brasileiros, que vieram a BH especialmente para o encontro. No tema deste ano eles levantam bandeiras contra a homofobia e o sexismo.

O bloco foi criado em 2007, em Salvador (BA), por participantes de um dos encontros do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), da União Nacional dos Estudantes (UNE). Desde então, o grupo já desfilou em várias estados: Sergipe, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

“Vim por causa do bloco”, contou a pedagoga e ex-participante de movimento estudantil, Lilian Falco, 35 anos. Mineira de Barbacena, mas radicada em Brasília, ela se lembra bem dos primeiros desfiles dos Valetes pelo Brasil.

 

SEM CENSURA - Aparecida Simão festejou o Carnaval ao lado de outros ex-estudantes. Crédito: Flávio Tavares/Hoje em Dia

 

No cortejo, integrantes de vários movimentos estudantis e de várias gerações. Neste sábado, estava entre os foliões Aparecida Simão, 54 anos, de Americana (SP). É a segunda vez que ela participa do desfile dos Valetes. “Fui integrante do movimento estudantil da PUC Campinas, entre os anos 1970. Naquela época, realizar um encontro de estudantes e com estes temas, teríamos censura”, lembra.

Já a professora de filosofia e sociologia Luisa Barbosa, do Rio de Janeiro, diz que o bloco tem festa, mas também tem “consciência social e se posiciona politicamente”. “Por onde passamos com os desfiles, defendemos a ocupação de espaços públicos”.

E de onde e por que foi escolhido este nome: Bloco dos Valetes? Quem responde é um dos coordenadores, o produtor cultural Tiago Alves. “Vem da ideia de galanteio e de reverência às meninas. Afinal, valete é o que acompanha a dama, nas cartas do baralho”, justifica.

Tiago é mineiro, mas vive no Rio, e também veio para BH especialmente para o pré-Carnaval.

 

 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por