No clima praiano, o bloco Juventude Bronzeada fez a concentração no bairro Floresta, na região Leste de Belo Horizonte, no encontro das ruas Silva Ortiz e Aquiles Lobo. De lá, o bloco seguiu pela avenida Chateaubriand e depois pela rua Sapucaí.

Com o tema "Tropical Lacrador", o bloco promete um Carnaval autoral com marchinhas dos integrantes do grupo, além de outros ritmos como axé. 

Nem a chuva, que começou por volta das 13h30, desanimou os foliões. De acordo com miliatres que fazem a segurança no local, cerca de 35 mil pessoas participam do bloco. O número é pouco maior que o ano passado - com 30 mil - e superou as expectativas do Juventude Bronzeada, que achava que menos pessoas iriam para o bloco devido ao defile do Monobloco, que deve levar uma multidão para a avenida Antônio Abrahão Caran, na portaria do Mineirão, logo mais, às 16h.

 

Menos pintura corporal e mais brilho

Conhecido por pintar o corpo com tinta branca, ao estilo Timbalada, o bloco parou de incentivar essa ação. Segundo a produtora do Juventude Bronzeada, Marcela Pierri, existe uma linha tênue entre homenagem, apropriação cultural e caricatura.

"As pinturas do bloco começaram a ir mais para o lado da caricatura e não da homenagem. Por isso, paramos de incentivar como uma forma de respeito à essa cultura", afirmou Marcela.

Juventude Bronzeada faz manifesto contra assédio. Veja o vídeo:

Leia mais:

Confira a programação desta terça de Carnaval em BH

Belo Horizonte atrai 'forasteiros' vindos de lugares famosos pelo Carnaval

Foliões

As amigas Marina Lages e Andressa Bastos, ambas de 34 anos, vieram fantasiadas do jogo Twister. Há quatro anos, elas passam o Carnaval na cidade natal. "Faço o possível para acompanhar a maioria dos blocos. A cidade está linda; nem precisa sair daqui. Quem está em casa pode vir que vale muito a pena", afirmou Marina.

Isaura Ceccacto, de 52 anos, saiu de Praia da Costa, no Espírito Santo, para curtir o Carnaval de BH com as amigas. "Soubemos que aqui está bom. Viemos por causa dos blocos. Seguimos ao lado da corda para não perder nada", disse bem animada.