O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, nessa quarta-feira (20) que “se Deus quiser” vai continuar o mandato até 2022. A afirmação, feita em meio ao acúmulo de pedidos de impeachment contra ele, foi direcionada à apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

"Se Deus quiser vou continuar meu mandato e, em 2022, o pessoal (que) escolha. Tem muita gente boa para escolher”, disse.

Aos apoiadores, Bolsonaro ainda disse que espera que “os bons se candidatem também, para não deixar os mesmos de candidatos”, finalizou.

Leia mais:
Zema e 14 governadores mandam carta a Bolsonaro pedindo 'diplomacia' com países para garantir vacina
Bolsonaro cumprimenta Biden e divulga carta enviada ao novo presidente
O que muda na relação entre Brasil e EUA após a posse de Joe Biden? Confira análise