O corpo encontrado na manhã deste sábado (5), na Serra da Mantiqueira, é do atleta francês Gilbert Eric Weterlín, de 54 anos, desaparecido desde o dia 17 de abril. A confirmação foi feita pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, que participa das buscas há três semanas. O cadáver foi achado aproximadamente às 11h50, em uma área de mata fechada no município de Piquete, interior de São Paulo.

De acordo com a corporação, a equipe de buscas foi informada por um fazendendeiro de que havia um cheiro forte na região, que é de difícil acesso e está fora de qualquer rota de trilha. Após duas horas de caminhada para chegar ao local, o corpo foi achado em estado de decomposição.Uma identificação inicial, mediante a roupas e características físicas, concluiu que se tratava do atleta francês. A perícia, então, foi acionada para confirmar a identificação.

Ainda não há conclusões sobre quando e como Gilbert Eric Morreu. Como a área fica próxima a uma cachoeira, no sopé da Serra da Mantiqueira, a hipótese é de que ele tenha caído ou tentado descer. Por volta das 16h, o corpo do atleta foi encaminhado, de helicóptero, para o Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo. 

Morador de Itajubá, no Sul de Minas, Gilbert Eric Weterlín era casado com uma brasileira e tinha costume de fazer provas de corrida em montanhas. Depois que a família registrou o desaparecimento do atleta, no dia 18 de abril, buscas diárias foram realizadas por uma equipe formada por bombeiros e policiais militares de Minas Gerais e São Paulo. Na última sexta-feira, a equipe de buscas percorreu toda a extensão do Pico do Marins e chegou a ver uma movimentação na mata, mas que se tratava de um ninho de passarinhos.