Embora Minas Gerais ainda registre muitas queimadas, o Corpo de Bombeiros (CBMMG) conseguiu debelar dois grandes incêndios na manhã deste sábado (11).

Parque Estadual Serra Verde

Desde cedo, quatro militares, com equipamentos especiais e abafadores, extinguiram pequenos focos que ainda existiam no Parque Estadual Serra Verde, na região de Venda Nova, na capital mineira. Esse foi o terceiro incêndio registrado no local em menos de 24 horas. A área atingida pelo fogo não foi divulgada.

Serra da Mantiqueira

Os bombeiros também conseguiram apagar o incêndio que destruiu aproximadamente 134 hectares, equivalentes a 335 campos de futebol, na região do Pico Marinzinho, em Marmelópolis, na Serra da Mantiqueira, divisa de Minas Gerais e São Paulo.

Durante cinco dias, mais de 230 pessoas trabalharam no combate terrestre e três helicópteros fizeram 195 voos de lançamento, totalizando um volume de 105.000 litros de água.

O combate às chamas foi feito em conjunto com militares do Exército Brasileiro, voluntários, Bombeiros Militares do Estado de São Paulo e de Unidades especializadas do CBMMG, como o Batalhão de Operações Aéreas (BOA) e o Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres (BEMAD).

Sabará

Já em Ravena, em Sabará, na região metropolitana de BH, cinco equipes do CBMMG combatiam, até meados da tarde, incêndio em uma área de difícil acesso. O fogo começou na manhã deste sábado e há risco para residências. Os bombeiros não informaram a área que já havia sido queimada.

Unaí

Em Unaí, no Noroeste do Estado, seis militares continuam combatendo as chamas que atingem a vegetação da Fazenda Jardim, no Bairro Industrial. É o segundo dia de operação e o trabalho é feito com auxílio de duas viaturas e um drone. Até o momento, aproximadamente 200 ha já foram afetados.