O que era para ser mais uma ocorrência comum de captura de serpente em residência chamou a atenção dos bombeiros em Sabará, na Grande BH, na tarde deste sábado (22). Ao chegar na casa dos solicitantes, os militares perceberam que, ao contrário da denúncia de que seria uma cobra, na verdade eram duas caninanas, sendo um macho e uma fêmea, que estavam acasalando em um pé de mexerica. 

Situações como essas são raras, afirmou o cabo Alexandre Márcio Neves, que atendeu a ocorrência. "Já participei de centenas de retiradas de cobras em casas. Mas essa é a primeira vez que encontro duas, ao mesmo tempo, e acasalando", contou o militar. "Infelizmente, tivemos que interromper o amor do casal", brincou.

Um gancho e uma caixa foram usados para fazer a captura dos répteis. Em seguida, os animais foram soltos em uma área de preservação ambiental no município.