O Corpo de Bombeiros localizou neste sábado (25) mais um corpo que estava debaixo da lama que vazou da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Com isso, conforme a Defesa Civil, o número de mortos na tragédia que completa quatro meses hoje subiu para 242.

Os restos mortais foram levados para o Instituto Médico-Legal (IML) da capital, identificado e será repassado para que os familiares providenciem o enterro. Agora, de acordo com a Defesa Civil, 28 pessoas continuam desaparecidas. 

O desastre aconteceu no fim de janeiro deste ano e as buscas pelas vítimas continuam sendo realizadas sem previsão de encerramento. Neste sábado, o 121º dia de buscas, os bombeiros contam com 151 militares no local. Eles estão distribuídos em 22 pontos diferentes e tem o auxílio de três cães farejadores.

Leia mais:
Deslocamento em talude chega a 19 centímetros em mina da Vale em Barão de Cocais
Grupo distribui abraços em praça para tranquilizar moradores de Barão de Cocais
Moradores de Barão de Cocais relatam apreensão diante de possível rompimento de talude de mina