As buscas por uma menina de 1 ano e 9 meses que teria sido jogada em um rio pelo pai, nessa quarta-feira (24), em Silvianópolis, no Sul de Minas, continuam nesta quinta-feira (25). O homem suspeito do crime cometeu suicídio após o ato.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o trabalho de procura teve início na manhã de quarta, quando a Polícia Militar foi chamada para apurar o sumiço da criança. Segundo a PM, o pai da menina, de 21 anos, teria levado a vítima de carro até as margens do rio Sapucaí, jogado a criança e, em seguida, se matado em uma árvore próxima ao local.

Nessa mesma área, a polícia localizou o veículo do homem e um sapato infantil, já perto do rio, e que pode ser da vítima.

Quatro militares do Corpo de Bombeiros atuam na procura pela criança durante todo o dia. Chove muito no local. Eles utilizam um barco para as buscas às margens e fazem mergulhos livres e equipados em locais onde há maior probabilidade de localização do corpo. As buscas devem continuar nos próximos dias, segundo a corporação.

A ex-companheira do homem e mãe da criança foi à área e reconheceu o corpo do suposto autor do homicídio. Ele foi levado para o Instituto Médico Legal de Pouso Alegre, na mesma região. Segundo a PM, o homem tinha passagens policiais por envolvimento com drogas e outros delitos.

Leia mais:
BH pode ter segundo fevereiro mais chuvoso em 111 anos e mais chuvas a partir de sexta-feira
Novo presidente da BHTrans fala sobre os desafios do transporte e do trânsito na capital; assista
Farmácia de Minas tem mais de 20 remédios em falta e sem previsão de reabastecimento