Quatro pessoas morreram após um caminhão cair do viaduto “Ponte Torta”, na BR-381, em João Monlevade, na região Central de Minas, na tarde dessa quarta-feira (13). Segundo o Corpo de Bombeiros, o veículo foi encontrado no rio Piracicaba a 20 metros de profundidade. Devido às más condições de visibilidade e outros fatores de risco, a remoção das vítimas será feita nesta quinta-feira (14).

A carreta foi amarrada em um ponto demarcado com pesos na noite de ontem. De acordo com os militares, a visibilidade onde o caminhão se encontra é praticamente zero, o que aumenta o risco de trabalho dos socorristas. Por isso, não foi possível saber onde o veículo está apoiado e se está estabilizado. Um guincho foi acionado para auxiliar no arrastamento. 

Cinco mergulhadores, sendo três de Itabira e dois de Ipatinga já se encontram no local para iniciar os trabalhos de retirada das vítimas. Conforme a corporação, a ocorrência aconteceu no mesmo lugar onde houve um acidente com um ônibus de turismo, em 4 de dezembro de 2020, que deixou 19 mortos e 27 feridos.

Corpos das vítimas serão retirados do veículo hoje por mergulhadores do Corpo de Bombeiros

Segundo informações passadas por testemunhas, o caminhão teria saído de Jaguaraçu, no Vale do Rio Doce, com destino a Conceição de Piracicaba, na região Central, transportando asfalto. Ao chegar ao elevado, o motorista teria perdido o controle do veículo e caído no rio, na altura do KM 350 da rodovia.

Leia mais:

Caminhão cai de ponte na BR-381, no mesmo local do acidente com ônibus que matou 19
Mercado destravado: decreto estadual amplia setor de transporte de passageiros em Minas Gerais