Após denúncia anônima, policiais do Tático Móvel do 33º Batalhão da Polícia Militar localizaram, abordaram e prenderam um suspeito de pelo menos 30 homicídios em Betim conhecido como “Tibiu”, de 26 anos. Ele foi lpreso no bairro Laranjeiras, na noite de domingo (5).

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), após a abordagem, os militares constataram que o homem denunciado era o braço direito do traficante conhecido como “Jiraya”, comandante do tráfego na região.

“Tibiu” é suspeito, dentre outros crimes,  de ser o autor do assassinato de um usuário de drogas conhecido como “Moc” que, segundo a PM, devia uma quantia de dinheiro irrisória ao traficante, mas foi morto para servir de exemplo para outros devedores do tráfico.

Ainda de acordo com a PM, junto com o suspeito foram encontrados um revólver calibre 38, uma submetralhadora calibre 380, 14 pedras de crack, uma porção de maconha, dois rádios comunicadores e R$ 600 em dinheiro. 

Segundo a Polícia Militar, a denúncia só aconteceu porque a vítima, depois de espancada e morta, foi jogada no rio Paraopeba. O suspeito do crime se recusa a entregar a localização exata de onde foi jogado o corpo.

A PM informou que militares do Corpo de Bombeiros realizaram buscas em alguns trechos do rio, mas a vítima não foi encontrada.

O suspeito está preso no Centro de Remanejamento Provisório (Ceresp), em Betim, à disposição da Justiça.

Leia mais:
Homem é preso após fugir da polícia e tentar atropelar pedestres
Dupla é presa em 'boca de fumo' com grande quantidade de drogas​