Após o rebaixamento do Cruzeiro para a Série B, uma briga entre primos em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, terminou na delegacia, na noite deste domingo (8). Casa e carro dos envolvidos foram quebrados.

Segundo a Polícia Militar, um homem de 27 anos comemorava a queda do time celeste pelas ruas do bairro Nova Contagem quando dois primos dele, cruzeirenses, teriam começado a xingá-lo e a jogar copos e garrafas no carro dele. 

O veículo ficou bastante danificado e, para revidar, o homem arremessou pedras na casa da tia. Vidros das janelas, portas e o portão ficaram danificados. A dona da casa estava em uma festa na mesma rua, quando foi alertada por vizinhos dos estragos causados pelo sobrinho. Ainda conforme os militares, ele até se propôs a pagar pelos prejuízos, desde que os primos fizessem o mesmo.

Indignada com a atitude do sobrinho, que segundo a mulher costuma ficar agressivo em dias de jogos, ela chamou a polícia e contou que o sobrinho tem o hábito de soltar bombas e provocar confusões pelo bairro em dias de partidas do Cruzeiro e do Atlético.

Com os ânimos exaltados e sem chegar a um acordo, todos foram levados para a delegacia de plantão em Contagem, também na Grande BH.