As buscas por desaparecidos em Brumadinho foram retomadas por volta das 8h da manhã deste domingo (10), na área do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Até o momento, o número de mortos permanece em 157 e os desaparecidos somam 182 pessoas. Ao todo, 393 pessoas foram localizadas, 138 estão desabrigadas e dois sobreviventes permanecem hospitalizados.

Uma equipe de 352 Bombeiros de Minas Gerais, de outros estados e da Força Nacional atua nas buscas. Nove voluntários também colaboram no local.

Ainda pela manhã, 15 biólogos da Vale estiveram na região do Parque Cachoeira para realizar o monitoramento da fauna de Brumadinho.

Buscas

Os focos das buscas, no domingo, estão na Usina ITM, na ferrovia, na área administrativa, que abrange refeitório, casa e estacionamento e em locais com acúmulo de rejeitos. Em campo, atuam 35 equipes. 

O efetivo conta ainda com 35 máquinas, 11 aeronaves e 19 cães.

*Com Paula Machado

Leia mais:
Fisioterapeutas começam neste domingo assistência a bombeiros em Brumadinho
MPT propõe indenização mínima de R$ 2 milhões a familiares de vítimas de Brumadinho
Confusão marca tentativa de reunião de moradores de Barão de Cocais com a Vale