Militares do Corpo de Bombeiros de Poços de Caldas, no Sul de Minas, receberam uma visita inesperada neste sábado (21): uma cadela que havia sido salva em outubro.

Na época, a cachorrinha e mais um filhote estavam presos dentro de um tubo de aço de escoamento de água. O resgate durou mais de quatro horas ininterruptas e, depois de tanto esforço, os animais foram retirados ilesos.

Dois meses depois a cadela voltou para "agradecer". Ela foi levada pela tutora Josiane, que não conteve a emoção ao se reencontrar os bombeiros que salvaram a vida do animal.