Belo Horizonte amanheceu nesta sexta-feira (3) encoberta por um forte nevoeiro. A cerração foi tão intensa que, em alguns pontos, era impossível ver o que estava à frente. Até a Serra do Curral, um dos principais pontos turísticos da cidade, ficou 'invisível' com o fenômeno, que deixou a metrópole com ares londrinos. 

De acordo com a meteorologista Anete Fernandes, a chuva ocorrida na madrugada associada a uma frente fria provocou o nevoeiro. "Aumentou a umidade e, com a temperatura mais amena agora pela manhã, e sem vento, formou essa névoa", explicou a especialista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Com o aparecimento do sol, a tendência é que a névoa se dissipe. Por isso, a cerração mais forte aconteceu nas primeiras horas do dia.

Previsão

A Defesa Civil informou que, nesta sexta, chuva rápida pode ocorrer em áreas isoladas da capital, principalmente à tarde. A temperatura mínima na cidade foi de 13 ºC e a máxima não deve ultrapassar os 25 ºC. "A umidade relativa mínima do ar em torno de 45% à tarde", detalhou o órgão.

Para o fim de semana, conforme o Inmet, não há previsão de chuva no município. Os termômetros devem oscilar entre 13ºC e 26ºC.

Leia também:
Mercado registra alta de 116% nos emplacamentos, mas rombo em 2020 beira os 40%
Com digitalização de salas de aula, pandemia acentua exclusão escolar
Mercado registra alta de 116% nos emplacamentos, mas rombo em 2020 beira os 40%