A queima de fogos na virada do ano em Cabo Frio, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, durou 12 minutos e teve um público de mais de 700 mil pessoas na festa na orla. A Companhia de Serviços da prefeitura (Comsercaf), contabilizou cerca 400 toneladas de lixo recolhidas após o réveillon na praia do Forte, a principal da cidade.

A limpeza das praias foi realizada em 23 quilômetros de areia, divididos entre as praias do Forte, Dunas, Foguete, Conchas, Peró, Ilha do Japonês, além do Espaço de Eventos do Distrito de Tamoios, onde também teve queima de fogos.

Na praia do Forte, as pessoas continuaram na areia mesmo com o amanhecer, dificultando a limpeza total. As equipes vão retornar a coleta de resíduos da areia após as 17h. Na primeira etapa, foram utilizadas 12 retroescavadeiras, duas pás mecânicas e 46 caminhões para recolhimento dos detritos.

As praias do Peró e das Conchas também foram limpas de madrugada. Na Ilha do Japonês a retirada do lixo foi realizada com o auxílio de uma embarcação. Em Tamoios, 100 profissionais executaram a limpeza da área de eventos, local onde aconteceram os shows e a queima de fogos. 

O presidente da Comsercaf, Dario Guagliardi, fez um alerta à população de Cabo Frio para manter a cidade limpa. “Contamos com o auxílio da população, que deve respeitar os dias e horários da coleta de resíduos domiciliar e não fazer o descarte de resíduos de construção civil, móveis e inservíveis, e ao sair da praia, jogar o lixo nas lixeiras distribuídas por toda a orla”, disse.