A falta de água, que vem assombrando o Sudeste e forçou pelo menos 20 municípios mineiros a deixarem o calendário carnavalesco deste ano, não foi suficiente para riscar da lista a folia de cidades tradicionalmente atrativas por cachoeiras, rios e cânions. Com a chuva dos últimos dias, a expectativa é a de que muitas pessoas mantenham os roteiros já programados e escolham os destinos para curtir o feriadão.

Em Carrancas, no Sul de Minas, terra das serras e cachoeiras, os forasteiros devem fazer dobrar a população da cidade, que tem cerca de 4 mil habitantes. “A chuva da última semana nos deu um refresco e aumentou os níveis das quedas d’água por aqui. Nossa expectativa é receber mais de duas mil pessoas em cada dia de Carnaval, público semelhante ao do ano passado”, destacou otimista a secretária de Turismo e Cultura do município, Iara França Teixeira.

Em São Roque de Minas, na região Centro-Oeste, a programação também foi mantida, acreditando-se na alta procura por parte dos turistas. Pelo menos duas mil pessoas devem chegar à cidade a partir da próxima sexta-feira. O município fica aos pés da Serra da Canastra, na região do Alto São Francisco, e é um dos mais próximos do parque nacional.

Segundo a secretária de Turismo da cidade, Cláudia Faria, uma campanha foi realizada pela prefeitura para incentivar o consumo consciente da água e evitar eventuais problemas no abastecimento durante o Carnaval. “Graças a Deus não tivemos problema até o momento e as cachoeiras, que são um grande atrativo, têm se mantido cheias”, afirmou.

Turistas a postos

Capitólio, na região do lago de Furnas, Centro-Oeste de Minas, também comemora a chegada do feriado prolongado. Apesar de a represa apresentar níveis baixos, a procura e os turistas foram mantidos. “Felizmente, o nível atual não nos impediu de realizar os passeios de barco e permitir que as pessoas façam usam dela. Além disso, preparamos shows e desfiles gratuitos na praça principal”, adiantou a secretária de Turismo e Lazer, Andréia Rodrigues.

A prefeitura de Pirapora, no Norte de Minas, também preparou um conjunto extenso de atrações para os foliões que elegerem o rio São Francisco como destino neste Carnaval. No ano passado, mais de 100 mil pessoas participaram da folia do Momo na cidade.