O cadastro escolar para as crianças que moram em Belo Horizonte e que vão ingressar no ensino fundamental em 2021 será aberto na próxima quarta-feira (23), segundo a Secretaria Municipal de Educação (Smed). Para evitar aglomeração e risco de transmissão da Covid-19, as inscrições e matrículas serão online e divididas por etapas.

Neste primeiro momento, conforme a prefeitura, devem fazer o cadastramento somente os responsáveis pelos 19.799 estudantes que estão matriculados na educação infantil da rede pública. Essa primeira fase segue até o dia 19 e, os pais que fizeram a inscrição, terão automaticamente a matrícula dos filhos confirmadas.

Posteriormente, o Executivo divulgará o calendário para inscrições das demais etapas de ensino e também para os pais que querem transferir os filhos da rede privada para a pública.

De acordo com a Smed, mesmo com os alunos afastados das escolas desde março por causa da pandemia do novo coronavírus, os pais devem realizar o cadastramento para garantir uma vaga nas instituições de ensino no ano que vem.

Processo on-line

O sistema para o cadastramento estará disponível no site da PBH, a partir de quarta, e poderá ser acessado pelo computador ou celular. Na página, o responsável pelo aluno terá que informar o CPF e o nome do estudante. Segundo a Smed, o próprio sistema mostrará a escola mais próxima e garantirá a vaga do aluno.

Quem não tiver acesso à internet, poderá utilizar a rede wifi das escolas, que é aberta e pega até 300 metros no entorno de cada instituição. Após o cadastro, o sistema irá gerar um termo de matrícula, considerado como assinado eletronicamente. Este termo irá direto para a nova pasta que o aluno terá em 2021.

"Os documentos necessários para a matrícula serão digitalizados e transferidos entre as secretarias da instituição de origem e destino, de modo que ninguém precisará ir às escolas para realizar o procedimento", explicou a pasta.

A Secretaria de Educação informou que entrará em contato com os pais que não fizeram o cadastramento no período indicado para esclarecer qualquer dúvida e ajudar os pais no processo.

Quem que não ficar satisfeito com a vaga indicada ou que não encontrar o encaminhamento eletrônico, poderá participar das próximas etapas do processo, que também estão sendo preparadas de forma digital.