As altas temperaturas deram uma ligeira trégua em Belo Horizonte nesta segunda-feira (16), e os termômetros não devem ultrapassar os 30ºC. Mas, engana-se quem pensa que o alívio irá durar muito tempo. A capital mineira vai continuar em estado de atenção devido à baixa umidade relativa do ar, que ficará inferior aos 30%, pelo menos até a próxima sexta-feira (20). 

Nos próximos dias, o calor também volta com tudo e a previsão é de 36ºC, índice um pouco mais baixo do que o registrado na sexta-feira da semana passada, quando a cidade teve o dia mais quente dos últimos quatro anos.

Alerta

De acordo com a Defesa Civil, os índices de umidade relativa tão baixos vão manter a cidade em estado de atenção. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), este nível de secura pode provocar problemas respiratórios na população.

Para alertar os moradores, a Defesa Civil enviou, na manhã desta segunda-feira, mensagens para os celulares dos belo-horizontinos. "Defesa Civil alerta - a massa de ar seco ganha amplitude e provoca declínio da umidade, abaixo de 30%", emitiu o órgão.

E para os próximos dias, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), não há previsão de chuvas para a cidade.

Previsão

Com relação ao calor, o instituto informou que os termômetros voltam a subir. Se nesta segunda a máxima não vai passar dos 30ºC, na terça-feira (17) vai atingir os 34ºC. E na quarta (18) e quinta (19), a situação ficará ainda mais crítica, com temperatura de 36ºC.

Saúde

Neste cenário de calor e de baixa umidade relativa do ar, a população não deve descuidar da saúde, principalmente de crianças e idosos. Pele seca e doenças respiratórias são os principais desconfortos causados. Especialistas recomendam evitar o sol no período da tarde. A partir do meio-dia já é possível sentir com maior intensidade as consequências da baixa umidade. 

Quem tem problema respiratório e os atletas amadores precisam evitar exercícios físicos, principalmente ao ar livre, e usar roupas mais leves, além de passar creme hidratante e protetor solar. É recomendável, também, evitar a ingestão dos diuréticos, como café e álcool. Água, sucos naturais e frutas são essenciais para manter o bom funcionamento do organismo nesta época de secura.