Um motorista que ainda não teve a idade divulgada morreu no fim da manhã desta terça-feira (23) após o caminhão tanque conduzido por ele explodir na BR-381, entre as cidades de Itaguara, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e Carmópolis de Minas, na região Centro-Oeste do Estado. 

As informações iniciais da Polícia Rodoviária Federal (PRF) dão conta que o acidente aconteceu no sentido São Paulo da rodovia por volta das 11h45, no km 577 da rodovia, pouco depois da ponte sobre o rio Pará. 

Ainda segundo a corporação, o veículo que se incendiou transportava álcool e gasolina, considerada uma carga perigosa, tendo ocorrido vazamento e explosão dos líquidos inflamáveis. A rodovia precisou ser totalmente interditada neste sentido. 

Conforme a Autopista Fernão Dias, concessionária que administra o trecho da BR-381, até por volta das 15h o congestionamento já chegava a 7 km. Por volta das 15h30 uma faixa foi liberada, sendo mantida interditada somente a faixa da direita. Com isso, a retenção caiu para 6 km. Não há previsão de liberação total das faixas. Para quem segue em direção à Belo Horizonte não há retenções. 

Às 19h, a pista ainda permanecia parcialmente interditada, com retenção de dez quilômetros, de acordo com a concessionária. Duas horas depois, a empresa informou que o acostamento permanecia interditado, com retenção de 13 quilômetros. 

acidente br-381
Motoristas enfrentam 4 km de congestionamento 

Leia mais:
Idoso de 78 anos tem pernas amputadas após ser atropelado por trem em Juiz de Fora
Adolescente fica com as duas pernas feridas após ser atingido por linha chilena, em Varginha
Acidente com caminhões e carro deixa um morto e quatro feridos na BR-381, em Sabará
Jovem fica ferido e carro carbonizado após acidente na Via Expressa