A conscientização sobre a legislação do motorista profissional é o objetivo da campanha “Eu Cumpro”, iniciada nesta sexta-feira (24). A iniciativa abordou, prioritariamente, caminhoneiros e os alertou sobre os direitos deles, como o repouso de 11 horas entre jornadas de trabalho.
 
A campanha é realizada pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas do Estado de Minas Gerais (Setcemg), em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte e Região Metropolitana (STTRBH) e o Ministério Público do Trabalho (MPT). Nesta sexta, patrões foram convidados para uma solenidade no Sest Senat do Bairro Serra Verde, em Belo Horizonte.
 
A ação irá se estender até o fim do ano com a distribuição de cartilhas e panfletos em blitzes em parceria com o Sest Senat, participação ativa em redes sociais, veiculações em rádio e adesivação nas laterais de caminhões. 
 
A campanha é dirigida aos transportadores, motoristas do transporte rodoviário de cargas e a sociedade de forma geral. Vários caminhoneiros foram parados em uma blitz educativa no Anel Rodoviário nesta sexta-feira. No local receberam instruções e ainda tiveram a oportunidade de aferir a pressão e fazer teste de glicemia.
 
"Uma campanha como essa, de conscientização do cumprimento da legislação do motorista profissional, é inédita no Brasil", afirmou o advogado Paulo Teodoro Nascimento, assessor Jurídico do Setcemg, que coordenou a apresentação da campanha. Ele ressaltou que o Setcemg realizou diversos treinamentos e palestras explicando detalhadamente as novas regras que envolvem a profissão do motorista e a campanha vem reforçar a necessidade de seu cumprimento.
 
O secretário-geral do STTRBH, Camilo Lelis Moreira, ressaltou que a lei do motorista é resultado de 30 anos de luta do setor e que é preciso redobrar a consciência de todos para sua aplicação.