Foi encontrada na manhã desta segunda-feira (11) em Matipó, na Zona da Mata, a cantora sertaneja capixaba Renata Ribeiro Cardoso, de 30 anos. A mulher estava desaparecida desde a tarde de sábado (9), quando parou de responder as mensagens dos parentes durante uma viagem para fazer um show no interior de Minas. Segundo familiares, ela teria sido dopada no meio do trajeto e encontrada por moradores em uma rodovia da cidade, sendo levada para o hospital. 

A cantora recebeu alta na tarde desta segunda do Hospital Cristo Rei, onde deu entrada no início da manhã. Segundo informações de um funcionário, que não quis ser identificado, ela estava bastante desorientada quando chegou na unidade de saúde. Porém, ele não soube dizer se ela chegou a falar algo sobre ter sido dopada no caminho.

CANTORA DESAPARECIDA
Irmão da cantora divulgou foto dela deitada na cama do hospital; ela recebeu alta na tarde desta segunda

No domingo (10), em uma publicação nas redes sociais, o irmão de Renata fez um apelo por informações sobre o paradeiro dela. "Ela viajou para Minas Gerais para fazer mais um show, ela foi de ônibus. Usava uma blusinha escura, calça e bota preta. Pegou ônibus em Marechal Floriano (ES) até Manhuaçu (MG). De lá, ela iria pegar outro ônibus para Governador Valadares (MG). O show seria em Itanhomi (MG). Ela não chegou no local do show e desapareceu. O celular desligado. Se alguém souber notícias, urgente entrar em contato. Deus queira que esteja tudo bem", escreveu. 

Já nesta segunda, o irmão voltou a publicar em seu Facebook, desta vez dando a boa notícia, inclusive publicando uma foto de Renata deitada em uma cama de hospital. "Agora é Oficial: Ela foi encontrada na cidade de Matipó (MG). Um pouco transtornada, mas está bem", disse. Em resposta a um dos comentários, ele disse que a irmã teria sido "dopada" no caminho para o show. 

A reportagem do Hoje em Dia tentou contato com os familiares da cantora, porém, até o momento ninguém foi localizado para comentar sobre a situação. 

Leia mais:
Após morte de ex-mulher, policial militar se apresenta em delegacia da capital
Família localiza jornalista de rádio desaparecido e Polícia Civil encerra buscas
Aos 46 anos, mulher descobre que 'pai' a sequestrou ainda bebê