Os fiéis de uma igreja Metodista do bairro Kennedy, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ficaram sem ter onde orar por tempo indeterminado. O prédio do templo teve sua estrutura danificada e precisou ser interditado na tarde desta sexta-feira (12), após o muro de um galpão de uma distribuidora de açúcar ao lado desabar.

Segundo a Coordenadoria de Defesa Civil do município, o fato ocorreu devido ao "sobrepeso causado pelo armazenamento incorreto de sacos de açúcar".

Ainda de acordo com o órgão, com o colapso do muro, o telhado e algumas estruturas do próprio galpão ficaram suspensas, ocasionando também os danos no imóvel ao lado, onde funcionava a igreja. Felizmente ninguém ficou ferido. 

"Os dois estabelecimentos foram interditados, até que haja a contratação de um profissional qualificado para elaborar um projeto de estabilização e de restruturação para ambos os imóveis, o que é pré-requisito para que ocorra a desinterdição", completou a Defesa Civil de Contagem. 

Por fim, o órgão informou que ficou comprovado o mau uso do galpão, por conta do sobrepeso, e, com isso, a empresa poderá ser responsabilizada pelo acidente. 

Leia mais:
Preso acusado de vender apartamentos que desabaram na Muzema, no Rio
Cinco anos após queda de viaduto, famílias ainda buscam indenização
PBH inicia obras em encosta de rua atrás do TJMG da Raja Gabaglia
Mais de 24 horas depois, bombeiros resgatam corpo de homem soterrado em Betim