Com o aumento do número de policiais nas ruas e com a ajuda da tecnologia, o Carnaval em Minas Gerais foi mais seguro neste ano, segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Em Belo Horizonte, o policiamento ostensivo teve mil homens a mais nas ruas. O número de furtos caiu 30%, principalmente de celulares. Cerca de 1.030 ocorrências foram registradas, enquanto em 2017 foram 1.470.

Conforme a Sesp, os roubos diminuíram de 682 para 485. Já os crimes violentos - que englobam homicídios, estupros , estupros de vulneráveis, extorsões mediante sequestro, sequestro e cárcere privado, sejam tentados ou consumados -, foram reduzidos em 31%, passando de 715 em 2017 para 493 em 2018.

Tecnologia

Neste ano, um grande aliado da segurança na capital foi a carreta do Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICC Móvel), uma estrutura com câmeras que se elevam por 30m e alcançam até cinco quilômetros com imagens nítidas, visão térmica e norturna.

Segundo a Sesp, entre as 17h de sexta-feira (9) e às 23h de quarta (14), 302 eventos de segurança e problemas relacionados a trânsito foram evitados por causa do trabalho desenvolvido pelo CICC Móvel.

Interior

Somando as 853 cidades do Estado, os crimes violentos diminuíram 37%, passando de 2.071 em 2017 para 1.306 em 2018. Os registros de roubo também foram 40,5% menor, com 1.090 ocorrências, contra 1.835 no ano passado.

Furto consumado teve queda de 37,8%, passando de 5.810 em 2017 para 3.612 neste ano. Já as ocorrências de tráfico (8%, passando de 612 para 661) e apreensão de arma de fogo (11%, 373 para 414), cresceram.

O número de conduzidos ou menores apreendidos por crimes diversos foi de 4.671.

Bombeiros

O Corpo de Bombeiros informou uma redução de 40% no número de ocorrências atendidas. O número passou de 3.909 em 2017, para 2.420 neste ano. Ao todo, foram 1.255 ocorrências de prevenção e vistoria, 239 de atendimento pré-hospitalar, 206 de salvamentos e 64 de combate a incêndios.

Neste Carnaval, quatro mil militares estavam à disposição nas cidades mineiras. Equipes de prevenção aquática e contra incêndios foram lançadas em 59 novos municípios, aumwentando em 90% a presença da corporação em locais que não possuem unidades dos bombeiros.

Leia mais:
Operação recupera 50 celulares roubados no Carnaval e prende receptador no Shopping Uai
PRF registra 249 acidentes graves no feriado de Carnaval com 87 mortos
PM registra 4 mil prisões no Carnaval em Minas