Uma carreta tanque, carregada com 25 mil litros de etanol, pegou fogo em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, no início da tarde desta quarta-feira (5). Ninguém ficou ferido e o tráfego no local ficou totalmente parado entre 12h até 15 horas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista do veículo de grande porte contou que passava pela avenida Babita Camargos, em frente à loja Leroy Merlin do Shopping Itaú, no bairro Cidade Industrial, quando percebeu que um dos pneus da carreta superaqueceu e iniciou combustão.

Ele disse ainda que parou o caminhão, mas não conseguiu extinguir as chamas. Devido à carga altamente inflamável, o fogo se espalhou rapidamente, gerando uma fumaça escura e em grande altura na atmosfera, o que impressionou moradores da região. 

Quatro viaturas dos Bombeiros, além de equipes da Transcon e da Defesa Civil de Contagem, foram para o local. A via foi interditada nos dois sentidos e a circulação no sentido bairro Água Branca da avenida General David Sarnoff também foi suspensa, provocando longos engarrafamentos nos arredores da Estação Eldorado de Metrô. 

Após cerca de uma hora de combate e uso de 20 mil litros d'água, às 13h10, os militares informaram que conseguiram controlar o incêndio. A corporação também declarou que não foi necessário evacuar nenhum dos prédios comerciais da região e que a Cemig foi acionada para avaliar o rompimento da fiação elétrica.

Apesar do controle do fogo, as vias continuaram fechadas até por volta das 15h, quando a maior parte das faixas foi liberada pela Guarda Civil e Transcon. Apenas a faixa onde o caminhão ficou parado segue interditada. Uma equipe dos Bombeiros, especializada em produtos perigosos, também está no local. Eles farão o transbordo do restante da carga que não incendiou. 

 

A Defesa Civil de Contagem também foi acionada para avaliar a estrutura do viaduto que está próximo ao local do incidente. Em nota, a Prefeitura de Contagem informou que foi feita vistoria no viaduto e o mesmo sofreu apenas danos superficiais no asfalto, sem comprometimento da estrutura.

No momento, está sendo feito o rescaldo do material combustível para evitar novas explosões. O Corpo de Bombeiro e a Defesa Civil se encontram no local, assim como a Guarda Civil e a Transcon, que estão responsáveis pela interdição da via e o monitoramento do trânsito.

Leia mais:
Corpo de Paulo Gustavo deve ser velado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Digital Day: BB e Sebrae fazem parceria para levar wi-fi a mil cidades
Covid: pesquisa testará presença de anticorpos em 211 mil pessoas