Cartórios eleitorais de Belo Horizonte, Juiz de Fora, na Zona da Mata, e Araxá, no Alto Paranaíba, estarão abertos neste sábado (23) para cadastramento biométrico e outros serviços. Na capital, são três os locais em funcionamento: as Centrais de Atendimento ao Eleitor dos bairros Lourdes, Barreiro de Baixo e Venda Nova. Os interessados podem comparecer ao local das 8h às 17h.

Os atendimentos também podem ser agendados no site do TRE-MG ou pelo Disque-Eleitor (148), que vai funcionar das 8h às 18h, para informações aos interessados.

Na capital, o recadastramento biométrico ainda não é obrigatório, o que deve ocorrer até 2022, segundo previsão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Quem se antecipar evita filas no final do prazo. Já naqueles locais onde a biometria é obrigatória o prazo termina entre dezembro de 2019 e fevereiro de 2020.

Posto itinerante

Os eleitores da região Noroeste de Belo Horizonte ainda vão ter mais uma oportunidade para fazer o recadastramento no posto itinerante, que será montado no Senai da avenida Presidente Antônio Carlos, 561, no bairro Lagoinha, entre segunda-feira (25) e domingo (1º). 

O funcionamento é das 8h às 16h30, com distribuição de senhas.

Atendimento

Para fazer o recadastramento biométrico, os eleitores devem apresentar documento oficial de identidade que comprove a nacionalidade brasileira e comprovante de endereço. São aceitos como documento a carteira de trabalho, carteira de identidade, carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão, certidão de nascimento ou de casamento. 

Não são aceitos o novo passaporte e a carteira de habilitação, sendo que este último documento só não vale para quem nunca se alistou. Homens que vão fazer o alistamento eleitoral devem apresentar também comprovante de quitação do serviço militar (de 1º de julho do ano em que completar 18 anos até 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos).

Onde a biometria é obrigatória

A biometria é obrigatória em 114 municípios mineiros. Algumas cidades possuem postos de atendimento extras, além daqueles localizados nos cartórios eleitorais. Confira aqui os locais de atendimento em algumas das cidades mineiras que passam por recadastramento biométrico obrigatório.

* Fonte: TRE-MG

Leia mais:
1,4 milhão de mineiros ainda precisam cadastrar biometria para votar em 2020
Idosos podem perder título de eleitor se não fizerem recadastramento biométrico; entenda