Casa adquirida para Cersam pode entrar no OP de 2015

Gabriela Sales - Hoje em Dia
08/11/2014 às 08:51.
Atualizado em 18/11/2021 às 04:56
 (ANDRÉ BRANT/Hoje em Dia)

(ANDRÉ BRANT/Hoje em Dia)

Uma casa adquirida por R$ 500 mil pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) há dez anos, para abrigar Centro de Referência em Saúde Mental (Cersam), em Venda Nova, jamais funcionou e hoje está completamente deteriorada pelo tempo e por atos de vandalismo. Agora, a comunidade se mobiliza para tentar incluir o imóvel nas obras do Orçamento Participativo (OP) do ano que vem. O Projeto de reconstrução de um novo espaço não sairia por menos de R$ 3 milhões.   Em 2004, a PBH adquiriu o imóvel atendendo a uma demanda dos moradores da região. A casa de dois andares e um quintal espaçoso, possuía além de piscina, um amplo espaço para recreação. “Na época, nossa intenção era de que o Cersam tivesse uma sede própria sem precisar gastar mais com aluguel”, explica a delegada do OP, Regional Venda Nova, Maria da Conceição Reis.    Com o passar do tempo, o local ficou abandonado e vândalos acabaram tomando conta da casa. “O imóvel não tem mais estrutura para abrigar nada”, afirma Maria da Conceição.    Enquanto o impasse continua, a PBH gasta uma média de R$ 6.500 mensais com o aluguel de outra casa na mesma região para garantir o atendimento dos 75 pacientes.    Em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte informou que a reforma e implantação da nova sede do Cersam Venda Nova estão incluídas no Orçamento Participativo 2015/2016      Orçamento tem R$ 150 milhões   Para o Orçamento Participativo de 2015/2016, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) irá disponibilizar recursos no valor de R$ 150 milhões. Segundo o Executivo, o montante será dividido entre as nove regionais. As áreas mais carentes da cidade terão prioridade na liberação de mais recurso. Dados da PBH, os piores indicadores estão nas regiões Norte e Nordeste da capital. 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por