Um casal foi brutalmente assassinado com golpes de facão em João Monlevade, na região Central de Minas, na madrugada desta sexta-feira (12). Joaquim de Souza, 62 anos, e Geralda das Graças dos Reis, de 58, que moravam no bairro Promorar, foram encontrados por um dos vizinhos. Contudo, de acordo com a Polícia Militar (PM), não foi possível salvar a vida deles.

Segundo a PM, por volta das 2 horas da madrugada, um morador da rua São Bernardino escutou a vizinha gritando e saiu para ver o que estava acontecendo. Ele então presenciou um homem deixando a residência onde a mulher morava com o marido. Ao entrar no imóvel, o homem encontrou Geralda morta e Joaquim agonizando. Imediatamente ele acionou a PM e os bombeiros, mas não houve tempo para o socorro.

Ainda conforme a polícia, as vítimas levaram vários golpes possivelmente de facão, já que, o objeto teria sido encontrado dentro da residência e apreendido pela polícia. Parte dos corpos do casal foram decepados. Eles foram encaminhados ao Instituto Médico-Legal (IML) da cidade. O suspeito de cometer o crime já foi identificado pela polícia, mas até o fim desta manhã não havia sido detido. O homem, que seria usuário de drogas, possui diversas passagens pela polícia. A motivação do crime ainda não foi revelada pela PM.