Um casal de pastores morreu vítima de Covid-19 em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os óbitos foram confirmados nesta quinta-feira (25) pela prefeitura da cidade, que já registra 29 vítimas da doença. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o pastor, de 58 anos, morreu no dia 21 de junho. Já a esposa, que tinha 52 anos, faleceu dois dias depois. Ambos tinham comorbidades e estavam internados em um hospital particular da cidade. “A prefeitura presta condolências às famílias e informa que uma equipe da secretaria está em contato com os familiares para apoio e orientações”, afirmou em comunicado.

Segundo balanço divulgado pela prefeitura, com os dois óbitos, o município chegou a 29 mortes e 680 casos confirmados da doença. Outros 382 doentes estão em acompanhamento e 18 pessoas estão internadas no SUS Betim. Já as notificações de pacientes com sintomas de síndrome gripal somam 9.488.

Desde o início da pandemia, a Secretaria de Saúde informou que tem adotado uma série de ações de combate ao novo coronavírus. Até agora já foram criados 180 leitos exclusivos para a Covid-19 no Hospital de Campanha (Cecovid-2) e no Centro Materno-Infantil (Cecovid-4).

Além disso, o município tem feito um trabalho diário de desinfecção de espaços públicos, implantou barreiras sanitárias, já distribuiu 170 mil litros de álcool 70% e tem exigido o uso de máscaras pela população.