Casas de festas e feiras livres já estão autorizadas a funcionar em Contagem, na Grande BH, conforme decreto do executivo municipal publicado na segunda-feira (29). Por causa da pandemia do novo coronavírus, os locais estavam fechados desde o dia 16 de março. Ao liberar o retorno, o prefeito Alexis de Freitas impôs várias medidas de segurança para evitar o contágio da Covid-19. 

Distanciamento de dois metros entre as mesas e barracas, disponibilização de álcool em gel para o público e uso obrigatório de máscara, exceto quando a pessoa estiver alimentando, são algumas das regras estabelecidas pela prefeitura da cidade.

Todas as determinações podem ser consultadas aqui. Quem descumprir as medidas pode perder o alvará e ter o estabelecimento interditado.

Casas de festas

Os estabelecimentos devem aferir a temperatura dos funcionários e convidados logo na portaria. Pessoas que fazem parte do grupo de risco do novo coronavírus devem ter o acesso impedido. Apresentação de música ao vivo está liberada, desde que o intérprete fique separado da plateia por meio de uma proteção de acrílico.

As refeições só podem ser servidas para os convidados sentados. Guardanapos, talheres, pratos e copos devem ser descartáveis. Além disso, fica proibida a utilização de galheteiros, saleiros e açucareiros, que devem ser substituídos por saches de uso individual.

Conforme decreto, os banheiros devem ser higienizados a cada 30 minutos

Feiras Livres

Nos locais, a prefeitura proibiu apresentações musicais, teatrais e danças para evitar aglomeração do público. Provadores estão impedidos de abrir e degustação de alimentos também não é permitido. 

As máquinas utilizadas para pagamentos têm que ser cobertas com filme plástico e higienizadas após cada uso.

Leia mais:
Ensino médio e superior voltam quando BH tiver 50 casos de Covid por 100 mil habitantes
Indicadores estão estáveis, mas BH ainda tem mais de 2,5 mil pessoas com Covid no momento