Em uma semana, o número de casos de sarampo em Minas subiu de 41 para 51, segundo os dados divulgados nesta terça-feira (15), pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Um aumento de 24%. Ainda estão sendo investigadas 368 notificações suspeitas da doença.

Belo Horizonte é a cidade com o maior número de casos confirmados. Segundo a SES, são 14 pessoas diagnosticadas com a doença na capital. Em seguida está Uberlândia, no Triângulo Mineiro, com 10 casos; e Juiz de Fora, na Zona da Mata, e Ribeirão das Neves, na Grande BH, com cinco. Com um caso estão: Betim, Camanducaia, Frutal, Itaúna, Passa Quatro, Pedralva, Poço Fundo, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Sabará, Unaí, Viçosa, e Visconde do Rio Branco.

A partir de junho deste ano, o número de casos suspeitos aumentou, totalizando 1.573 notificações em 226 cidades mineiras. Destes, 1158 (73,6%) foram descartados, 368 (23,4%) estão sob investigação e 47 (3%) casos foram confirmados, sendo detectados novos casos e cadeias de transmissão.

Vacinação

Municípios de todo o Brasil começaram no dia 7 de outubro uma campanha nacional com o objetivo de garantir, até o dia 25 de outubro, que pelo menos 95% de todos os bebês e crianças com entre seis meses e cinco anos de idade recebam uma dose da vacina contra o sarampo.

Devem se vacinar crianças de 6 meses, com a chamada dose zero. Aos 12 e aos 15 meses, devem receber novas doses para garantir a proteção contra a vacina. Jovens e adultos até 29 anos devem se vacinar duas vezes. Acima desta idade, o Ministério da Saúde preconiza apenas uma dose.

sarampo

Lei mais: 
BH tem 255 casos de sarampo sob investigação; 11 já foram confirmados
Minas já tem 41 casos confirmados de sarampo; só na capital são 11
Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa com movimento tranquilo nos postos de BH