O número de casos confirmados para a Covid-19 em Ipatinga, no Vale do Aço, subiu mais de 1.580% em 30 dias, chegando a 370 pacientes na quinta-feira (4), segundo dados do boletim municipal (veja gráfico aqui). No dia 4 de maio, eram 22 pessoas contaminadas. Devido ao crescimento e após registrar ocupação de 97% dos leitos de UTI para pacientes com a doença, a prefeitura anunciou que inaugurará, na segunda-feira (8), 40 leitos clínicos em espaço com com capacidade para incremento, se necessário, de outras 160 vagas.

Ipatinga

Dados saltaram de 22 em 4 de maio para 370 em 4 de junho

Neste sábado (6), Ipatinga soma 410 pessoas com testes positivos para a doença, causada pelo novo coronavírus, com oito óbitos. Vinte e duas pessoas estão internadas devido à enfermidade. Os dados são do boletim epidemiológico da prefeitura. Na quarta-feira (3), a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) alertou para o surgimento de 100 mil novos casos no Vale do Aço, caso os dados atuais de ocupação e contágio se mantenham na região. Ipatinga é uma das maiores cidades do Vale, com 260 mil habitantes. 

Segundo a prefeitura, como forma de fortalecer a rede de saúde da microrregião em meio à pandemia, estará disponível para uso, se necessário, na segunda-feira (8), um hospital de retaguarda com 40 leitos clínicos. Em caso de necessidade, outros 160 leitos poderão ser montados, chegando a 200 vagas.

Conforme a administração municipal, a unidade médica surgiu após adequações na escola Canuta Rosa, localizada nas proximidades do Hospital Municipal. "Toda a parte elétrica e hidráulica também já está concluída. Macas e outros instrumentos também foram montados no local", informou. Além disso, segundo a prefeitura, a unidade terá leitos de enfermaria, voltados para pacientes com Covid-19 em situação estável e sem complicações. 

"Por 24 horas, teremos uma equipe com médico, técnico e enfermeiro, fazendo o acompanhamento de pessoas que requeiram internação. Entre os equipamentos, dispomos de balas de oxigênio para eventuais complicações. Temos ainda estrutura para realizar o transporte, se necessário, para o Hospital Municipal, ao lado da unidade de retaguarda", explicou Cláudia Barbosa, enfermeira do município.

Ainda segundo a prefeitura, o hospital foi apoiado por cidades da microrregião de Ipatinga, que disponibilizam instrumentos. "Os recursos federais destinados ao combate à pandemia estão sendo usados, sobretudo, para a contratação de pessoal, num momento em que também as equipes técnicas são escassas", informou.