De olho no surto de dengue que vem atingindo Minas Gerais, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) realizou nesta sexta-feira (26) um mutirão contra focos do mosquido Aedes aegypti no Cemitério da Saudade, localizado no bairro de mesmo nome, na região Leste da capital. Até o dia 17 deste mês, haviam 4.185 casos de dengue confirmados na capital mineira e outros 14.271 casos pendentes de resultados. 

A ação de limpeza, promovida conjuntamente pela Secretaria Municipal de Saúde, Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, SLU e Coordenadoria de Atendimento Regional Leste, teve início ainda no início da manhã. Ao longo do dia, agentes comunitários de saúde, técnicos de zoonoses e outros servidores municipais fizeram vistorias para identificar focos, fazer coleta de sacolas, potes e garrafas plásticas, e limpar toldos danificados que acumulavam água de chuva. 

Ainda de acordo com a PBH, a capina de rotina já vem sendo feita no cemitério desde o início do mês. Construído em 1942, o Cemitério da Saudade possui 32 mil túmulos, quatro velórios e área de 188.000 m². Localizado na rua Cametá, o cemitério recebe uma média de 220 sepultamentos por mês.

Mortes pela doença

Nesta semana, a PBH confirmou que investiga um caso suspeito de morte por dengue hemorrágica. A vítima, uma moradora de Ibirité, na Região Metropolitana de BH, faleceu na terça-feira (23) enquanto estava internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Barreiro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), esta não é a primeira morte em investigação por suspeita de dengue. No entanto, até o momento, não há nenhum óbito pela doença confirmado. 

Em todo o Estado, já são 14 pessoas mortas por dengue, duas a mais que todos os registros do ano passado, apesar de que outros 10 óbitos de 2018 ainda estão sendo investigados para confirmar se também foram causados pela doença. Entre os mortos em 2019 por dengue, seis moravam em Betim, duas em Uberlândia, duas em Unaí, e as demais nas cidades de Arcos, Frutal, Ibirité e Paracatu. Outros 57 óbitos ainda estão em investigação em Minas. 

Leia mais:
Suco de inhame ajuda na recuperação da dengue? Especialistas explicam
Com sintomas parecidos, dengue e sarampo não devem ser confundidos
Centro para atender pacientes com dengue deve ser aberto até sábado
Detenta morre sob suspeita de dengue em unidade prisional onde 50 casos já foram confirmados
Bebê de 8 meses morre sob suspeita de dengue hemorrágica no Norte de Minas