Na manhã seguinte ao temporal que deixou um motorista de van escolar morto, na praça Harmonia, no bairro São Pedro, na capital mineira, o cenário ainda é de destruição. O veículo que o homem dirigia ainda está no local, em meio a fios partidos e troncos de árvore. 

Equipes da prefeitura estão cortando o tronco e removendo galhos da enorme árvore que caiu sobre a van para restabelecer a energia. Agentes da BHTrans orientam os motoristas que passam pelo local, mas o trânsito está liberado. 

Algumas pessoas se aglomeram em torno do local do acidente, tirando fotos e analisando o interior do automóvel. O polidor de carros José Carlos Martins, de 55 anos, passou pela praça Harmonia minutos após a queda. Ele lembra que o motorista estava vivo e gritava por socorro. 

“Ele pediu para as pessoas ajudarem a resgatar as crianças. Muita gente que estava por aqui também trabalhou para tirar os pequenos. No caso dele era mais difícil porque os cabos de energia estavam cercando o entorno. É uma tragédia”, afirma.  

O tenente do Corpo de Bombeiros Herman Ameno afirma que ainda não é possível definir as causas do acidente. “É muito prematuro afirmar por que isso ocorreu. A árvore pode ter sido estrangulada pelo passeio ou estar comprometida por alguma praga. Além disso, o solo úmido de dias seguidos de chuva também pode ter influenciado”, observa.

Duas equipes da Cemig irão até a praça Harmonia para retirar os cabos partidos e restabelecer a energia no entorno. No entanto, conforme a assessoria de comunicação da empresa, o serviço deve durar todo o dia. Cerca de 200 locais, entre prédios, casas e estabelecimentos comerciais da região estão sem luz.

Leia mais:

Enquanto cidade ainda se recupera de temporal, Defesa Civil de BH emite novo alerta para chuvas

Envolvidos em queda de árvore na Nossa Senhora do Carmo relatam momentos de pânico