O médico infectologista Unaí Tupinambás, membro do comitê de enfrentamento da Covid-19 da Prefeitura de Belo Horizonte, alertou, nesta quinta-feira (25), para o colapso do sistema de saúde da capital. Em vídeo, o especialista destacou que o município, assim como todo o país, vive um dos momentos mais críticos da pandemia.

O médico chama a atenção para a importância de baixar a taxa de transmissão do vírus, que está em 1,16. "Caso contrário, aquelas cenas que vimos em Manaus vão se repetir aqui em Belo Horizonte. As pessoas morrendo na porta dos hospitais em busca de assistência médica".

De acordo com boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde desta quinta-feira (25), a taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com Covid-19 está em 105,7%. 

A situação dos hospitais particulares também segue em estado gravíssimo, com 116,7% de ocupação. Nem mesmo a abertura de 15 novos leitos conseguiu diminuir a fila de espera por internação de pacientes em estado grave, que neste momento chega a 72.

Segundo Tupinambás, a população precisa entender a gravidade do momento e adotar os cuidados básicos contra o coronavírus, "ficando em casa, não circulando pela cidade. Se sair, saia de máscaras, evite aglomeração e lave as mãos".

"Vários pacientes graves intubados aguardando transferência para os hospitais. Tanto enfermaria como CTI. E também toda a equipe de saúde cansada, desalentada e estressada diante das cenas que se repetem plantão após plantão. E também no sistema de saúde suplementar que já está em colapso".

Assista ao vídeo: