A manhã deste sábado (12), o primeiro com comércio de portas abertas em Belo Horizonte desde que a prefeitura deu início ao processo de flexibilização, foi tranquila no Centro. Apesar de praticamente todas lojas da região terem aberto suas portas, não foram registradas aglomerações.  

Desde o dia 26 de junho, quando a prefeitura retrocedeu no processo de reabertura de Belo Horizonte, devido ao aumento de casos de Covid-19, este é o primeiro sábado de funcionamento do comércio em geral. A reabertura gradual teve início na primeira semana de agosto e vem se estendendo desde então. 

A partir de hoje fica permitida a abertura de lojas aos sábados entre 9h e 17h. Até então, a prefeitura tinha autorizado apenas o funcionamento durante a semana no período de 11h às 19h. Nos shoppings, o funcionamento das lojas também foi liberado aos sábados, no mesmo horário dos dias de semana (12h às 20h).

Movimento tranquilo

A grande maioria dos cidadãos que foram até o Centro de Belo Horizonte respeitaram a obrigatoriedade do uso de máscara. Mesmo assim, a reportagem do Portal HD flagrou algumas pessoas que dispensaram o equipamento de segurança. Dentro das lojas, o movimento também era tranquilo, sem aglomerações no interior dos estabelecimentos. 

Consumidores vão ao Centro no primeiro sábado de mercado aberto

PROGRAMA EM FAMÍLIA - O manobrista Jefferson de Carvalho foi com mulher e esposa ao Centro e aprova a reabertura do comércio, mas reclama dos ônibus lotados

O manobrista Jefferson Luis de Carvalho aproveitou o sábado para levar a esposa e a filha ao Centro. Ele conta que não viu aglomerações nas ruas ou lojas. “Estava com saudade de sair com a família nos finais de semana. O Centro está bem tranquilo, todo mundo com máscara e nas lojas tem álcool em gel, como determinado com os protocolos. As medidas estão sendo respeitadas", observa.

Lotação

No entanto, Jefferson e sua esposa Cleusa Aparecida não podem falar o mesmo do transporte público. "O que adianta as lojas tomarem as precauções se nos ônibus ainda tem aglomeração? Onde deveriam tomar mais cuidado, que são os coletivos, não tenho visto a mesma atenção, bem diferente do comércio”, reclama o casal.

Pátio Savassi no primeiro sábado de comércio aberto

SEM PRESSA - Na porta do Pátio Savassi, movimento tranquilo e controle de temperatura para acesso à galeria

Savassi

Na região da Savassi o cenário era o mesmo. Lojas abertas e baixo volume de fregueses nas lojas. A tranquilidade também pode ser vista no shopping Pátio Savassi, que também reabriu suas lojas, a partir do meio-dia. A entrada é controlada, com monitoramento de temperatura dos visitantes e uso obrigatório de máscara.